A primeira coisa a se pensar na hora de fazer uma visita a um recém-nascido que acaba de chegar ao mundo é: Quando devo ir? Como devo me comportar? O que levar? O melhor é esperar algum tempo antes de ir conhecer o recém-nascido.

Como nas primeiras semanas a família ainda estará se adaptando à nova rotina, é preciso compreender que a prioridade dos pais será a criança e não as visitas. A visita não deve demorar mais que 30min e dispense refeições ou cafezinhos. Devo levar algo para o bebê e para a mãe também. Então, vamos às dicas:

  • Sem beijo

Resista à tentação e não beije nem pegue nas mãos do bebê. O beijo no recém-nascido é restrito aos pais e a quem cuida da criança. A principal “porta” de contaminação dos bebês está no rostinho, pelo nariz e pela boca. Note que eles levam com frequência as mãos à boca.

  • Sem barulho

Seja onde for a visita, evite falar ou rir muito alto. Aglomerações também não são indicadas. Se houver muitas visitas, é melhor ser breve e ir embora.

  • Não ficar dando palpites/conselhos

A menos que os pais peçam ou dêem abertura para isso, evite ensiná-los a cuidar da criança. Lembre-se: cada família tem seus hábitos.

  • Crianças

Se você já tem filhos, leve-os para conhecer o bebê apenas se conseguir mantê-los comportados e se eles não estiverem adoentados. Lembre-se sempre de sua experiência.

  • Odores

Fumantes devem deixar o cigarro de lado pelo menos duas horas antes de visitar o bebê. Também é bom evitar o uso de loções, cremes ou perfumes fortes. Cheiros fortes podem causar alergia ou irritação no bebê.

  • Fotografias

Antes de sair fotografando o bebê, peça autorização para os pais. Não use flash para proteger os olhinhos do bebê. Deixe que os pais postem fotos nas redes sociais.

  • Resfriados ou algo parecido

Se você não estiver bem de saúde; mesmo que seja um simples resfriado; não vá até o recém nascido. Se já marcou a visita, adie. Quando quem está adoentado é uma pessoa de casa como os pais ou irmãos, o importante é manter as mãos sempre higienizadas com água e sabão e passar álcool em gel a 70% e evitar beijos e outros contatos muito próximos. A mãe adoentada pode usar máscara cirúrgica durante a amamentação.

  • Maternidade

As visitas na maternidade devem ser feitas apenas por quem é bem próximo dos pais. E, mesmo nesses casos, evite o dia do nascimento. A mãe ainda está em recuperação e precisa de tranquilidade.

  • Higiene

Antes de fazer a vista toma banho e troca as roupas, e ao chegar à casa do bebê, a primeira coisa a fazer é lavar bem as mãos e braços até a altura dos cotovelos.

  • Privacidade

Se for hora de a mãe amamentar, dar banho ou trocar a criança, é melhor dar privacidade a ela. E, se o bebê estiver dormindo, nem pense em acordá-lo.

  • Pode colo?

Não peça para segurar o bebê. Muitos pais sentem-se inseguros e enciumados nos primeiros dias.  Apenas segure a criança se eles a oferecerem e se você não se sentir inseguro.

 

Daniele Garcia de Almeida Silva

Enfermeira pela UNIPAR – 2003.

Especialista em Vigilância Sanitária e Epidemiologia pela UNIPAR – 2004

Mestre em Saúde Coletiva pela Universidade Estadual do Rio de Janeiro – 2010.

Docente e Coordenadora do Curso de Enfermagem da Unipar da Unidade de Guaíra.