A Organização Mundial de Saúde(OMS), recomenda que o aleitamento materno exclusivo nos primeiros seis meses de vida! Isso porque os benefícios dele são inúmeros. Além de estar sempre pronto, na temperatura certa e não custar nada, esse ato estimula o vínculo afetivo entre a mãe e o bebê, e é fundamental para a saúde de ambos.
177512251
Vantagens para o bebê:

  • O leite materno é um alimento completo! – contém as vitaminas, minerais, gorduras, açúcares e proteínas apropriados para o organismo do bebê;
  • Possui também substâncias de defesa, que não são encontradas no leite de vaca;
  • É adequado, completo, equilibrado, suficiente para o seu bebê!
  • É feito especialmente para o estômago da criança, por isso apresenta mais fácil digestão.

Nos primeiros dias após os parto, o leite secretado é denominado colostro, que corresponde a um líquido amarelado e espesso. O colostro é essencial para o recém-nascido, pois possui anticorpos e leucócitos, células que vão garantir a defesa do organismo do bebê. Além de contribuir no amadurecimento do aparelho gastrintestinal. Esta substância deve ser o primeiro alimento que a criança deve receber.
Depois de alguns dias, o leite que sai é chamado de maduro, é mais ralo que o leite de vaca, porém possui tudo o que o recém-nascido precisa. É dividido em leite do meio e fim. O primeiro é rico em proteínas, lactose, vitaminas, minerais e água, no início da mamada. O segundo, mais no final da mamada, possui mais gorduras. Por isso, para que nenhum dos dois leites sejam prejudicados, é importante que o tempo de mamada seja estipulado pelo bebê, ele deve parar de mamar quando quiser.
Para concluir, o leite materno é o alimento natural da criança. Nos seus primeiros meses de vida, é o leite que contém mais vantagens, além de passar afeto e amor a criança. A criança que está sendo amamentada no seio raramente adoece.